Nesta sessão disponibilizaremos as melhores Dicas de saúde, beleza, bem-estar, qualidade de vida e muito mais.

Tenham uma ótima leitura!
 
   
Notícia - Musculação ou corrida?

Musculação ou corrida?

Praticar exercícios físicos de forma moderada é sinônimo de saúde, certo? Porém, na hora de escolher qual é o tipo de atividade ideal para os resultados que pretendemos, muitas vezes nos deparamos com algumas dúvidas. Qual exercício me ajudará a ganhar massa muscular? Qual atividade me ajudará a perder mais peso?

A classificação mais comum dos exercícios físicos é a divisão em exercícios aeróbicos e anaeróbicos. "Os exercícios anaeróbicos são aqueles realizados por curtos períodos de tempo, em até cerca de 90 segundos, e com alta ou máxima intensidade. O exercício aeróbico é aquele realizado por períodos de tempo mais longos e com intensidade que pode variar de baixa a alta", explica o professor de Educação Física da UFMG, Reginaldo Gonçalves.

A realização de um exercício de até 90 segundos, no entanto, não garante que ele seja anaeróbico. "O que caracteriza um exercício físico é a sua intensidade e não somente a duração, ou seja, quando você faz uma caminhada de 30 segundos de uma sala para outra da sua casa, não quer dizer que você fez um exercício anaeróbico, mas sim aeróbico", completa Reginaldo.

Por outro lado, a musculação, com seus exercícios de intensidade moderada a máxima, é classificada em geral como anaeróbica, embora haja possibilidade de fazer musculação com pesos leves e durações mais prolongadas, ativando principalmente o metabolismo aeróbico.

Os circuitos de musculação são uma boa opção de exercício aeróbico, dependendo do arranjo do número de repetições, peso utilizado, intervalo de descanso e ordem dos exercícios. A maioria dos esportes, entretanto, é uma combinação dos metabolismos aeróbico e anaeróbico.

Para saber mais sobre o tipo de exercício ideal para o seu objetivo, confira a entrevista completa com o professor Reginaldo Gonçalves.

O que uma pessoa deve levar em consideração ao optar por um tipo de exercício?

A melhor escolha para uma pessoa sedentária é o exercício aeróbico ou os exercícios anaeróbicos com intensidade submáxima e intervalos de descanso que lhe permitam uma boa recuperação. Exercícios que não exigem muita habilidade para sua realização, como caminhar, correr e pedalar, são uma boa opção de exercícios aeróbicos. Exercícios ou esportes que exigem mais habilidade, bem como os esportes coletivos, deveriam ser deixados para quando a pessoa estiver mais bem condicionada fisicamente. Musculação com pesos submáximos, poucas séries de 6 a 8 exercícios e intervalos de descanso superiores a um minuto são os mais indicados para iniciantes sedentários. A orientação de um profissional de educação física é sempre aconselhada.

Qual é a melhor opção para quem quer eliminar gorduras e perder peso? Por quê?

Quando o objetivo é perder peso na balança, a melhor opção é praticar exercícios aeróbicos por tempo prolongado. Pode-se começar com apenas 10 ou 15 minutos por dia e progredir lentamente até alcançar várias horas por dia. Sim! Várias horas por dia! Quanto maior a duração do exercício, considerando-se a mesma intensidade, maior o "gasto" de energia. Portanto, para quem tem tempo e disposição, durações superiores a 3 h de corrida ou ciclismo, por exemplo, são comuns. Mas lembre-se: comece com poucos minutos diários e aumente cerca de 5 minutos na sessão diária de exercícios a cada semana. Nesse caso, orientação individualizada é sempre recomendada.

Quando a musculação pode ser mais benéfica para quem quer emagrecer mais?

É importante entender que emagrecer não é exclusivamente "perder peso". Emagrecer é diminuir o percentual de gordura de nosso corpo. Nossa massa corporal (peso) pode ser dividida em massa corporal magra (MCM) e massa gorda (MG). O percentual de cada um desses componentes é que determina se estamos muito magros, na medida certa, com sobrepeso ou obesos. A musculação pode aumentar o componente MCM sem aumentar em nada a MG. Nesse caso, você pode ganhar alguns quilogramas na balança e ainda assim emagrecer, pois seu percentual de gordura pode baixar, por exemplo, de 20% para 15%. Quase sempre a melhor opção e aliar exercícios aeróbicos com exercícios de musculação para potencializar o emagrecimento. Pessoas que já perderam muito peso, mas ainda estão com o percentual de gordura alto, poderão se beneficiar do ganho em MCM consequente ao treinamento de musculação.

O que é metabolismo basal e como ele funciona?

Metabolismo basal ou taxa metabólica basal refere-se à quantidade mínima de energia que uma pessoa precisa para manter as funções vitais enquanto está acordada, em repouso absoluto. Varia de 0,8 a 1,43 kcal/min, dependendo da idade, sexo, tamanho corporal e massa corporal magra. O tecido muscular "gasta" mais energia do que o tecido adiposo, por isso as pessoas mais musculosas, com baixo percentual de gordura corporal, têm maior taxa metabólica basal. Para saber a quantidade de calorias que uma pessoa gasta a cada 24 horas, é preciso saber seu metabolismo basal e acrescentar a energia despendida com a ingestão e processamento (digestão) dos alimentos, bem como somar a energia dos exercícios e atividades físicas diárias. A taxa metabólica basal pode ser estimada a partir de fórmulas, juntamente com o profissional de nutrição ou de educação física.

Até que ponto a alimentação pode potencializar os resultados?

Para emagrecer ou para aumentar a massa corporal, os cuidados com a alimentação são indispensáveis. Uma dieta balanceada quanto à quantidade e qualidade não só garante a obtenção do objetivo, como também garante melhor saúde e qualidade de vida. Para perder peso na balança, ingerir menos calorias do que se gasta é essencial. Quando o objetivo é uma mudança mais significativa na composição corporal, vale a pena consultar um nutricionista.

A alimentação para quem faz musculação ou pratica exercícios aeróbicos deve ser diferente?

Sim, tanto a quantidade dos alimentos quanto a proporção dos diferentes nutrientes (carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais) podem ser diferentes, dependendo dos hábitos alimentares da pessoa. Novamente é importante considerar a orientação de um nutricionista para atender as necessidades individuais.


< Voltar
 
Rua 24 de Maio, 77 - Galeria R. Monteiro - Loja 10 - CEP: 01041-001 - São Paulo - SP
Telefone/fax: (11) 3223-2788 E-mail: contato@magnavita.com.br
  Copyright © 2006 - Todos os direitos reservados - Magna Vita Homeopatia e Produtos Naturais