Nesta sessão disponibilizaremos as melhores Dicas de saúde, beleza, bem-estar, qualidade de vida e muito mais.

Tenham uma ótima leitura!
 
   
Notícia - Mitos e verdades de banhos frios ou quentes

Mitos e verdades de banhos frios ou quentes

Tomar um banho bem quente ajuda a relaxar os músculos e a diminuir o estresse? Uma ducha gelada causa resfriado ou é afrodisíaca? Você já deve ter escutado muitas coisas sobre os poderes – e os perigos – do simples ato de deixar a água cair sobre o corpo. Mas o que é verdade ou mito?

Os médicos Thaís Pacheco Lessa Ciofi, dermatologista da Heil & Lessa Dermatologia, e Luiz Roberto Fernandes, especialista em clínica médica e pneumologia do hospital São Francisco de Assis na Providência de Deus, no Rio de Janeiro (RJ), ajudam a entender melhor o assunto – e, claro, aproveitar melhor o seu banho:

Tomar um banho frio, ou finalizar um de água quente com cinco minutos de baixa temperatura, revigora e estimula o corpo e os órgãos Verdade. A água fria, por si só, é capaz de elevar as funções orgânicas do organismo. Biologicamente, ela acelera o metabolismo, aumenta a circulação sanguínea e revigora o corpo.

O banho quente pode ressecar a pele e os cabelos Verdade. A água quente, sobretudo quando em contato com o corpo por um tempo mais longo, remove o manto lipídico (responsável por reter a umidade natural da derme e dar suavidade à sua textura), que retém a umidade natural da pele. Além disso, o uso de buchas ajuda a agravar o problema.

Banho frio causa resfriado ou gripe Mito. Não devemos nunca esquecer que gripes e resfriados são provocados exclusivamente por vírus e bactérias. Além disso, por conta do aumento da circulação sanguínea provocado pelo contato com a água fria, a produção de células imunológicas é estimulada e o sistema de defesa do organismo reforçado.

O banho quente pode provocar irritações, coceiras e alergias e, inclusive, agravar doenças já existentes Verdade. A alta temperatura da água estimula a dilatação dos poros e pode provocar esses problemas, sobretudo em pessoas com propensão a alergias e urticárias. Pacientes com dermatite atópica ou pele muito ressecada e com descamações notam piora nos quadros. Nestes casos, deve-se optar pela água morna e usar sabonetes próprios para uma hidratação adequada e com PH menos alcalino.

Banho frio hidrata melhor a pele e os cabelos e ajuda no combate às pontas duplas Mito. Não há mais hidratação do que no banho quente, em que há remoção do manto lipídico. Acontece que a água mais fria afeta menos a pele e os cabelos.

Quem tem pele oleosa não é prejudicado pela temperatura quente da água Mito. Com a remoção do manto lipídico, o organismo é estimulado a produzir mais oleosidade, o que não é ideal.

O banho frio é afrodisíaco. Ou seja, estimula o apetite sexual Mito. Não existe comprovação científica de que uma ducha tenha esse poder.

Pessoas com pele seca sofrem mais com a água quente Verdade. Isso acontece por causa da falta de manto lipídico neste tipo de derme.

O banho frio aumenta a autoestima e proporciona benefícios a mente Verdade. Estudos científicos comprovam benefícios emocionai, inclusive, relacionados à melhora do humor.

A água quente pode aliviar a tensão dos músculos doloridos Verdade. Por isso, os médicos prescrevem uma compressa de água quente para relaxar a musculatura.

O banho quente pode diminuir a ansiedade e o estresse Verdade. O banho quente é relaxante de uma maneira geral. Por isso, em dias de grande estresse, banhos quentes, inclusive os de banheira, são boas pedidas.

Para algumas pessoas, o banho muito frio não é recomendado Verdade. Para aquelas com baixa tolerância ao choque térmico causado pelo contato com a água fria, é bom evitar ou tomar um banho diferenciado: molhe o corpo, feche a água, ensaboe, enxágue e novamente feche a água antes de lavar o cabelo. Também devem ter cuidado portadores de doença de Raynaud, que causa hipersensibilidade ao frio, provocando a constrição de pequenos vasos sanguíneos e dar origem a uma isquemia.

A água quente funciona como um descongestionante natural nas gripes e resfriados por conta do vapor Meia verdade. O fato não tem base científica. O que acontece, na verdade, é que a evaporação da água quente umidifica o ar que você respira e, consequentemente, ajuda a descongestionar as narinas.

Qual o banho ideal, então? Deixe a temperatura da água morna e agradável ao corpo. E não exagere no tempo: entre cinco e dez minutos. Mais do que isso pode remover o manto lipídico. Em casos de sensibilidade ou de pele mais seca, evite buchas e opte por sabonetes hidratantes e com PH menos alcalino e mais próximo do PH da pele – também vale não exagerar na hora de esfregar o sabonete no corpo. Outra opção é fechar o registro de água quando for se enxaguar, se ensaboar e lavar o corpo.


< Voltar
 
Rua 24 de Maio, 77 - Galeria R. Monteiro - Loja 10 - CEP: 01041-001 - São Paulo - SP
Telefone/fax: (11) 3223-2788 E-mail: contato@magnavita.com.br
  Copyright © 2006 - Todos os direitos reservados - Magna Vita Homeopatia e Produtos Naturais