Nesta sessão disponibilizaremos as melhores Dicas de saúde, beleza, bem-estar, qualidade de vida e muito mais.

Tenham uma ótima leitura!
 
   
Notícia - Limite aceito de colesterol ruim diminui; saiba se manter na taxa

Limite aceito de colesterol ruim diminui; saiba se manter na taxa

Novas mudanças reduzem o limite para 70 mg/dl; atenção deve ser redobrada.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia anunciou mudanças em relação ao nível de colesterol ruim (LDL) no sangue. O limite, que era de 100 miligramas por decilitro para pacientes com risco de doença cardiovascular, agora será de até 70 mg/dl. Ou seja, será necessário ficar mais atento à taxa de colesterol.

A mudança tem como base estudos internacionais, que comprovaram sua eficácia. “As diretrizes devem ser seguidas, servem como parâmetros fundamentais, mas a prática da medicina se baseia em um tripé: qualificação do profissional, particularidades de cada paciente e então as sugestões de diretrizes”, afirma a médica Cynthia Karla Magalhães, diretora do Instituto Nacional de Cardiologia (INC).

O que aumenta o colesterol

É preciso ficar atenta às causas do colesterol. Há dois grandes vilões no aumento do índice de LDL: a alimentação incorreta, com excesso de gordura animal e gorduras trans, e o fator genético, de origem familiar. “Algumas pessoas já nascem geneticamente destinadas a serem grandes produtoras dessa molécula. Se elas conseguissem cortar todo o colesterol da dieta, o que é impossível, ainda assim não resolveriam seu problema e precisariam de remédios”, explica o médico Stephan Lachtermacher, do INC.

Riscos do colesterol alto

As taxas elevadas de LDL são responsáveis pelo risco de problemas cardíacos e causa das 17 milhões de mortes por doenças cardiovasculares no mundo. Com as novas alterações, que diminui ainda mais o limite considerado saudável, muitos pacientes precisarão do auxílio de medicamentos para reduzi-la. “A primeira estratégia para se reduzir o colesterol não é o uso de medicamentos, mas sim a mudança do estilo de vida com dieta e prática regular de atividade física. Apesar disso, em muitos casos, também é necessário recorrer à medicação para que consigamos atingir os níveis pretendidos”, explica a médica.

Como reduzir o colesterol ruim

Algumas mudanças de hábitos podem ajudar a baixar o colesterol ruim. O nutricionista Marcelo Barros, do INC, sugere optar por alimentos integrais com alto teor de fibras, comer um mix de frutas com aveia pelo menos uma vez ao dia, utilizar azeite extra virgem, preferir peixes como truta e salmão, ingerir de uma a duas unidades de oleaginosas diariamente, uma a duas taças de vinho, além de evitar leite integral e derivados, biscoitos amanteigados, croissants, folhados, sorvetes cremosos, embutidos em geral, carnes vermelhas e gema de ovo. Também é recomendável praticar sempre atividades físicas regulares.


< Voltar
 
Rua 24 de Maio, 77 - Galeria R. Monteiro - Loja 10 - CEP: 01041-001 - São Paulo - SP
Telefone/fax: (11) 3223-2788 E-mail: contato@magnavita.com.br
  Copyright © 2006 - Todos os direitos reservados - Magna Vita Homeopatia e Produtos Naturais