Nesta sessão disponibilizaremos as melhores Dicas de saúde, beleza, bem-estar, qualidade de vida e muito mais.

Tenham uma ótima leitura!
 
   
Notícia - 5 estratégias para minimizar a dor muscular pós-treino

5 estratégias para minimizar a dor muscular pós-treino

Quem nunca sentiu aquela famosa dor muscular pós-treino? Todo nadador conhece essa sensação e sabe como ela é desagradável. Por isso, diversas estratégias são utilizadas pelos atletas para amenizar o problema e acelerar a recuperação das condições físicas.

Pensando nisso, o Ativo conversou com o fisioterapeuta Thiago Medeiros, do Instituto Curarte, e separou algumas estratégias que podem minimizar a dor muscular pós-treino.

Como minimizar a dor muscular pós-treino

Alongamentos

Não existem evidências científicas que provam que os alongamentos podem aliviar a dor muscular pós-treino. “Porém na prática, os alongamentos estáticos podem ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo entre as fibras musculares, removendo produtos do metabolismo que causam as dores musculares”, explica e recomenda Medeiros.

Gelo

Existem várias técnicas de aplicação. O banho de imersão no gelo, por exemplo, é uma prática bastante comum em esportes como futebol, futebol americano e MMA.

“A baixa temperatura de uma banheira com água e gelo faz com que o processo de microlesões pelo esforço físico do treino seja interrompido e o atleta consiga ter uma recuperação muscular mais rápida”, justifica.

“Para dores localizadas, usar bolsas de gelo após o treino pode ser uma boa solução, mas o atleta deve ter em mente que esta estratégia pode ser uma forma de mascarar uma lesão mais grave”, alerta o fisioterapeuta.

Técnicas corporais

Uma grande variedade de técnicas corporais pode ser usada em casos como esse. Algumas delas, podem ser feitas pelo próprio atleta, como a liberação miofascial com bolas ou o foam roller. “O atleta desliza o corpo sobre um rolo de material plástico rígido, que promove uma melhor circulação sanguínea e melhora a amplitude de movimentos”, diz o profissional.

Entre as indicações que dependem da ajuda profissional, o treinador destaca as técnicas de massagem, que além de úteis são agradáveis. “Elas ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo entre as fibras musculares e promovem a drenagem linfática, fazendo que com os músculos relaxem”, completa.

Eletroterapia

Há uma grande quantidade de aparelhos que podem ajudar o atleta com a dor muscular pós-treino. Os que emitem correntes elétricas, por exemplo, ajudam a modular a ação dos nervos melhorando a dor e a tensão muscular. Geralmente fazem parte do arsenal de fisioterapeutas.

“No Brasil, é um pouco mais difícil ter acesso aos aparelhos geradores de correntes terapêuticas, mas no exterior eles são bem mais acessíveis e de fácil manuseio”, sugere Medeiros.

Compressão

As roupas de compressão, como o próprio nome já diz, promovem uma compressão dos músculos. “Essa técnica estimula um maior retorno venoso e drenagem dos líquidos contidos entre as fibras musculares, responsáveis pela dor e a sensação de peso nos braços”, recomenda Medeiros.

“Grande parte dos atletas utilizam esse método durante as competições, entre uma prova e outra”, diz.


< Voltar
 
Rua 24 de Maio, 77 - Galeria R. Monteiro - Loja 10 - CEP: 01041-001 - São Paulo - SP
Telefone/fax: (11) 3223-2788 E-mail: contato@magnavita.com.br
  Copyright © 2006 - Todos os direitos reservados - Magna Vita Homeopatia e Produtos Naturais